• KovaM
Menu
O prémio, a ser atribuído pela quarta vez, vai ser apresentado pela Sociedade Suíça de Musicologia, em Berna. Salwa Castelo-Branco, docente do Departamento de Ciências Musicais da FCSH/NOVA e presidente do INET-MD (Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança), unidade de investigação da Faculdade, vê assim distinguida a sua contribuição para o estudo da musicologia no mundo.
 
A investigadora foi presidente, entre 1992 e 2006, da Sociedade Portuguesa de Musicologia e vice-presidente do Conselho Internacional de Música Tradicional (UNESCO) entre 1997 e 2001 e novamente desde 2009.
 
O seu trabalho tem estado focado nas tradições musicais de Portugal e do Médio Oriente. Os seus projetos atuais são dedicados ao jazz português e à influência celta na música galega e do norte de Portugal. ‘Enciclopédia da Música em Portugal no século XX’, ‘Music and Conflict’ (2010) e ‘Traditional Arts in Southern Arabia: Music and Society Sohar, Sultante of Oman’ (2009) são alguns dos seus mais importantes trabalhos publicados.
 
O Glarean Award, avaliado em 10.000 francos suíços (aproximadamente 8.000 euros), é atribuído de dois em dois anos, desde 2007. Destina-se a investigadores que se tenham distinguido por excepcionais contribuições historiográficas e dedicação a questões relacionadas com a distribuição e publicação musical.

 

Fonte