• Batuque
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Investigadora Integrada | Doutoranda
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas | Universidade Nova de Lisboa
Av. de Berna, n.º 26 C
1069-061 Lisboa
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 21 790 83 00 (ext. 1583)

Nota Biográfica

Doutoranda em Ciências Musicais – Etnomusicologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, Universidade Nova de Lisboa / Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos em Música e Dança. Actualmente desenvolve trabalho de investigação em torno do Festival RTP da Canção, Festivais de Música, Música e Televisão, Másica e Media e Indústrias da Música, com um projecto financiado pela FCT. É Licenciada em Ciências Musicais e Mestre em Etnomusicologia pela mesma instituição, concluindo com a dissertação intitulada "Duas horas vivas numa TV morta": Zip-Zip, Música e Televisão no preâmbulo da democracia em Portugal. É organizadora da Conferência Internacional Eurovisions: Perspectives from the Social Sciences, Humanities, and the Arts (1.ª edição: Lisboa – Fevereiro e Maio de 2018; 2.ª edição: Tel Aviv, Israel – Maio de 2019). Faz parte da equipa dos projectos “EcoMusic - Práticas sustentáveis: um estudo sobre o pós-folclorismo em Portugal no século XXI” e “ORFEU (1956-1983): Políticas e estéticas da produção e consumo de popular music no Portugal moderno” no INET-md. Enquanto aluna de licenciatura foi bolseira do INET-md no âmbito do projecto "A indústria fonográfica em Portugal no Séc. XX". Tem colaborado com a organização de diversas actividades desenvolvidas pelo mesmo instituto. Apresenta regularmente o seu trabalho em colóquios nacionais e internacionais, bem como em publicações académicas. O seu interesse académico pelo universo das Bandas Filarmónicas em Portugal reflecte-se na publicação bilingue comemorativa dos 150 anos da Sociedade Musical Eurterpe de Portalegre (Pistola e Lopes, 2012) e no Trabalho de Campo realizado na Orquestra de Sopros de Ourém (2008-2009). Foi Presidente do Conselho Fiscal da SPIM (2013-2015). Fez parte da Direcção Pedagógica e leccionou as disciplinas de Formação Musical, Desenvolvimento Criativo e Classe de Conjunto na Escola das Artes do Alentejo Litoral, Sines (2012-2013). Leccionou História da Música e História da Cultura e das Artes no Conservatório de Artes da Canto Firme, Tomar (2014 – 2015), e as disciplinas de História da Música, Classe de Conjunto e Área de Projecto Artístico no Conservatório de Música de Ourém e Fátima (2009-2012, 2014-2015). Estudou Clarinete no CFA – Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, Tomar, onde trabalhou com António Rosa e Gonçalo Conceição e realizou diversas masterclasses com Nuno Silva, Bruno Graça e Paulo Gaspar.
 
 
 
 
 
Projeto de Doutoramento
 
Título
"Em Playback" - o Festival RTP da Canção e a produção musical em Portugal (1964-2014)
 
 
Orientação
 
Referência Bolsa
SFRH/BD/103718/2014
 
Resumo
O Festival RTP da Canção (FRTPC) é o mais duradouro concurso da televisão portuguesa (1964-2012). Envolvendo centenas de intérpretes e compositores, estabeleceu-se como uma das principais referências musicais para duas gerações de portugueses. A experiência de meio século de televisão, o instrumento por excelência da democratização em Portugal, passou pelo FRTPC que trouxe para o domínio musical os grandes desafios da sociedade portuguesa e, por vezes, fez da música um verdadeiro agente de transformação social. Apesar da sua longevidade e da sua preponderância no meio televisivo e musical em Portugal nas últimas cinco décadas, não existe uma perspectiva crítica e de carácter científico que analise o Festival RTP da Canção nas suas diversas vertentes. Este é então o primeiro estudo etnomusicológico que contribui para a compreensão do papel de Festival RTP da Canção nos seus diversos aspectos. Por um lado, esta investigação pretende lançar uma perspectiva crítica no que respeita ao papel deste concurso enquanto veículo de transmissão de noções de identidade nacional, analisando o modo como essas noções foram projectadas através da música, aos níveis nacional e internacional. Por outro, inaugura-se a discussão acerca da articulação do FRTPC com as exigências da indústria fonográfica e dos restantes mass-media. Para tal, é necessário compreender a complexa relação música-televisão-indústria fonográfica, tendo sempre como pano de fundo as transformações político-sociais ocorridas a partir da segunda metade do Século XX. Radicado nos contributos internacionais no que concerne às problemáticas e objectos de investigação, este trabalho que articula os estudos sobre os media e a etnomusicologia dos media permitirá pela primeira vez compreender o papel do Festival RTP da Canção na mediação musical e na redefinição de discursos sobre identidade cultural e nacional. Esta investigação pretende assim lançar no meio académico internacional o estudo do Festival RTP da Canção, representando Portugal no quadro internacional no que concerne a esta área.