• Caretos
Menu
Escolher um contacto:
Tags: DeCA | UA  
Imagem do contacto
Doutorando
Departamento de Comunicação e Arte | Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
3810-193 Aveiro
Portugal
Tel: (+351) 234 370 389 (ext. 23700)

Nota Biográfica

Licenciada em violino pela Universidade de Cauca (Colômbia) e mestre em interpretação e ensino do violino pela Hochschule für Musik Mainz (Alemanha), Diana Rodriguez tem uma vasta carreira em orquestra, ensino e música de câmara. Diana tem sido membro integrante de várias orquestras como a Orquestra Filarmônica de Cali, Frankfurter Sinfoniker, Kolleg für Alte Musik Mainz e Mannheimer Ensemble. Fez parte da Young Orchester of the Americas no Young Euro Classic Festival de Berlim 2011 e foi selecionada para representar a Colômbia na World Orchestra de 2010 e na World Peace Orchestra de 2013 na Coreia do Sul. Em 2012 foi convidada como Concertino da Rheinische Orchesterakademie Mainz. Diana Rodriguez apresentou-se em recital na Colômbia, Alemanha e Portugal. Como solista, apresentou-se em diferentes salas de concerto, incluindo o Auditório León de Greiff e o Auditório Fabio Lozano, na cidade de Bogotá.
Entre os seus professores estão Dmitri Petoukhov e Karin Lorenz. Recebeu também masterclasses de grandes violinistas como Vadim Gluzman e Rachel Barton. Em 2015 e 2017, Diana Rodriguez foi selecionada por concurso para participar nas masterclasses do Festival Internacional de Música de Cartagena. Entre 2014 e 2017, Diana foi professora principal de violino e maestrina da Orquestra de Cordas da Universidade Sergio Arboleda em Bogotá. Em 2014, iniciou funções como professora de violino na Universidade del Valle, em Cali. Diana Rodriguez encontra-se a frequentar, desde 2018, o Programa Doutoral em Música - ramo de performance na Universidade de Aveiro (Portugal), combinando as suas atividades de ensino com pesquisa musical e recitais enquanto solista e música de câmara.

 

Ciência Vitae | ORCID

 

Projeto de Doutoramento
 
Título
As escolas franco-belga e russa como referências para a interpretação de repertório latinoamericano para violino e piano
 
Orientação
 
Co-orientação

 

Resumo
O objetivo deste projeto de investigação é fazer uma proposta interpretativa da música para violino e piano  composta na Colômbia por Luis Carlos Figueroa e Mario Gómez Vignes, tomando como referência as divergências sonoras e estilísticas das escolas de violino franco-belga e russa, correntes pedagógicas e interpretativas que até grande parte do século XX permaneceram em vigor, mostrando características particulares em relação à produção do som e uso de elementos expressivos que marcaram a diferença entre os violinistas que representam cada uma dessas duas escolas.
Levando em conta que na América Latina e, mais especificamente, na Colômbia, não há tradição pedagógica e interpretativa do violino com estética própria, como aconteceu na Europa, considerar essas duas escolas como referência pode abrir caminhos e possibilidades de interpretação de repertório académico para violino que foi composto na América Latina.