• Disco
Menu
Heritamus_logo.jpg
 
 
 
Coordenação
 
 
Financiamento
 
 
Referência
HERITAGE/0001/2014
 
 
 
 
Resumo
 
O Flamenco (desde 2010) e o Fado (desde 2011) são práticas inscritas na lista do Património Imaterial da UNESCO. Desde 2005, vário projectos de investigação em torno do Património Cultural Imaterial têm sido levados a cabo pelos parceiros neste consórcio. O objectivo deste projecto é o de gerar conhecimento novo sobre a relação entre a Indústria Fonográfica e as práticas passíveis de ser identificadas como sendo património cultural imaterial. Nesse sentido, este projecto insere-se nas principais prioridades da agenda estratégica do programa JPI Cultural Heritage and Global Change, nomeadamente o desenvolvimento de uma sociedade reflexiva que mobilize, de modo igualitário, o trabalho académico e as comunidades de prática; aproxima as pessoas do património, promovendo o acesso ao património tangível/ material que anteriormente não lhe estava acessível; crias conhecimento no âmbito de um campo de investigação inovador; e, por último, salvaguardar o património cultural (material e imaterial) através da criação de novas ferramentas de gestão participativa e informada do património.
 

Tais objectivos serão alcançados através:

1. Do desenho e implementação de uma ferramenta multifunções (uma base de dados co-relacional) para a gestão integrada de património e dados etnográficos a ser utilizada pela comunidade de praticantes e por investigadores, e para a disseminação de conhecimento entre o público em geral. A ferramenta servirá para a recolha de dados, a disseminação de dados e a gestão integrada de património material e imaterial;

2. Do trabalho de campo junto de diferentes comunidades de praticantes para recolher novos dados etnográficos sobre o impacte das gravações históricas nas práticas correntes e a utilização de artefactos históricos nas práticas musicais actuais;

3. Da análise crítica de registos de som musical (gravações em discos de goma-laca a 78 rotações, publicados entre 1900 e 1945);

TEste projecto terá impacte, não só no meio académico (graças à investigação), mas especialmente entre a comunidade de praticantes e detentores (através da produção colaborativa da ferramenta e do trabalho de terreno), e o público em geral (através de resultados pensados especificamente para divulgação junto desse público, nomeadamente CD e documentários.