• Dança 6

Resumo

O ‘flow’ (Csikszentmihályi 1990, 1996) é mais do que um estado puramente psicológico e individual de performance optimizada, tendo implicações socioculturais que devem ser reconhecidas e exploradas (Jordan, McClure, Wooodward 2017; Boia 2017). Esta investigação-ação representa um novo desenvolvimento a partir de uma auto-etnografia do ‘flow’ na performance instrumental (Boia 2017), que explora como o ‘flow’ – assumido aqui como construção social e narrativa – pode ser aplicado à aprendizagem, ensino e performance musical. Em colaboração com professores e alunos de instrumento, experimentar-se-á se e como poderemos fazer o ‘flow’ acontecer em vez de apenas se observar passivamente. Esperando-se gerar conhecimento teórico sobre o ‘flow’ na prática musical, este projeto será simultaneamente uma investigação-ação aplicada que experimentará de que modos o ‘flow’ pode ser incluído na ‘caixa de ferramentas’ do professor como um dispositivo pedagógico e performativo usado intencionalmente para fomentar o desenvolvimento musical.

Coordenação

Pedro Santos Boia

Equipa

Pedro Santos Boia 

Instituição participante

LABEAMUS – Laboratório de Ensino e Aprendizagem Musical, INET-md

Período

Desde setembro de 2018

Palavras-chave

Flow; ensino e aprendizagem do instrumento; performance musical