• Disco2
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Doutorando
Departamento de Comunicação e Arte | Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
3810-193 Aveiro
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 234 370 389 (ext. 23700)
CV:

Nota Biográfica

Natural do Rio de Janeiro, Alba Bomfim é bacharel em Regência Orquestral pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, licenciada e mestre em Música pela Universidade de Brasília. Foi vencedora do Prêmio Eleazar de Carvalho de regência em 2009. Participou de masterclasses sob orientação dos maestros: Christopher Zimmerman, Kirk Trevor, Colin Metters, Fabio Mechetti, Harold Farberman, Dirk Brossé, John Farrer e Marin Alsop. Tem regido orquestras tais como: Orquestra Filarmônica de Minas Gerais, Fargo-Moorhead Symphony Orchestra, Astoria Symphony, Rose City Chamber Orchestra, Berlin Sinfonieta, Bohuslav Martinu, Orquestra Filarmonia das Beiras, Chamber Orchestra of New York and BBC Concert Orchestra. Em novembro de 2017, Alba foi uma das seis maestrinas, selecionadas entre 161 do mundo todo, a participar do Hart Institute do The Dallas Opera nos Estados Unidos. De 2007 a 2012, como professora efetiva da Secretaria de Educação do Distrito Federal, ministrou cursos de violoncelo, regência e música de câmara no CEP - Escola de Música de Brasília. Atualmente é professora adjunta de regência e orquestra no Departamento de Música da Universidade Federal do Piauí (Brasil), e desde outubro de 2014, encontra-se em licença, na condição de doutoranda em Regência de Orquestra na Universidade de Aveiro sob orientação do Maestro António Lourenço e coorientação do Dr. Gilvano Dalagna. Alba Bomfim é bolsista da CAPES e investigadora do INET-MD desde 2015. 
 
 
 
Projeto de Doutoramento
 
Título
A Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) e sua (s) Plateia(s)
 
AlbaBarraDoutoramento
 
Orientação
 
Resumo
A presente pesquisa é um estudo de caso que tem por objetivo compreender como se dá a relação entre a Orquestra Filarmonia das Beiras (OFB) e sua (s) Plateia (s).