• Dança 3
Menu
Escolher um contacto:
Tags: DeCA | UA  
Imagem do contacto
Doutorando
Departamento de Comunicação e Arte | Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
3810-193 Aveiro
Portugal
Tel: (+351) 234 370 389 (ext. 23700)

Nota Biográfica

Ágata Ricca, natural do Porto, terminou o curso de piano do Conservatório de Música do Porto. Licenciada e mestre em Direcção Coral pela Escola Superior de Música de Lisboa, onde foi aluna do maestro Paulo Lourenço, estudou em Riga, Letónia, durante um período de intercâmbio, com o maestro Andris Veismanis. Desde sempre cantou em coros e trabalha como maestrina desde 2011. É doutoranda, na mesma área, na Universidade de Aveiro, sobre a orientação do Professor Doutor Paulo Maria Rodrigues. Tendo já trabalhado em diversas instituições de ensino e projectos educativos/sociais, o seu ramo de investigação, de interesse e de acção é o da prática coral como meio de inclusão social, que tem vindo a desenvolver em Portugal e no estrangeiro. Ao longo do seu percurso trabalhou com vários maestros e educadores de renome. Actualmente desenvolve trabalho coral com diversas comunidades. É também membro da direcção da Coros Portugal – Associação Portuguesa de Música Coral, que tem como principal objectivo criar, apoiar e promover projectos que desenvolvam a música coral em Portugal e levem a nossa música além-fronteiras.

 

Ciência VitaeORCID

 

Projeto de Doutoramento
 
Título
Ver o mundo a partir de um “senso de possibilidade”: perspectivas sobre uma experiência de prática coral no quotidiano de um campo de refugiados.
 
Agata projeto
 
Orientação
Resumo

Nesta investigação pretendo criar uma experiência de comunicação artística através da prática coral num campo de refugiados e perceber os resultados que a mesma pode ter nos participantes e na criação de bem-estar e abertura de possibilidades futuras. Para isso serão idealmente criados dois coros (de acordo com a faixa etária dos interessados) num campo de refugiados, ao longo de seis meses. Todo o processo será realizado em colaboração com os participantes, numa perspectiva de Música na Comunidade e através da metodologia de investigação-acção participativa. Foi realizada uma pesquisa sobre a situação da actual crise de refugiados e o impacto que a música e a prática coral podem ter em situações semelhantes, de comunidades que se criam de forma acidental, apesar da falta de estudos na área. Os dados serão recolhidos em primeira mão, através da experiência e estratégias utilizadas, da leitura de diários de bordo, de conversas informais com os participantes e voluntários, de entrevistas semi-estruturadas, entre outros. Será feita uma análise temática dos mesmos para perceber o impacto que a experiência teve no quotidiano dos habitantes do campo e de que forma estes resultados, se positivos, poderão ser extravasados para outros contextos semelhantes.

 
Grupo de Investigação: Educação e Música na Comunidade