• Caretos
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Doutor Integrado | Pós-Doc
Departamento de Comunicação e Arte | Universidade de Aveiro
Campus Universitário de Santiago
3810-193 Aveiro
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 234 370 389 (ext. 23700)
CV:

Nota Biográfica

Bolseiro de pós-doutoramento no INET-md, Polo de Aveiro. É doutor em antropologia social pela Universidade de Granada (2013), especializado em Scienze della Cultura pelo Collegio San Carlo de Modena (2006) e licenciado em letras –cátedra de etnomusicologia– pela Universidade de Roma "La Sapienza" (2005). Tem sido investigador de pós-doutoramento (2013-2014), contratado não-doutor (2010-2013) e bolseiro (2009-2010) no Dep.to de Antropologia Social da Universidade de Granada. Entre 2009 e 2014 tem leccionado, na mesma universidade, nos cursos de licenciatura em antropologia, sociologia, geografia, turismo, educação, trabalho social. Tem realizado investigações etnográficas relacionadas com a música em Portugal (2002-2004, com rappers afro-lusitanos da Margem Sul de Lisboa) e Colômbia (2009-2013, sobre as relações entre diferentes tradições musicais e processos de etnização na ilha caribenha de San Andrés). Durante esta última investigação, tem começado a utilizar metodologias participativas baseadas no uso de meios audiovisuais, co-realizando vídeos musicais com artistas implicados na pesquisa. Seu interesse para as potencialidades participativas do audiovisual levou-o a realizar o documentário Por la verea. Las vías de la trashumancia (2013, 41'), que foi mostrado em vários festivais etnográficos e adquirido, em versão reduzida, pela RAI – Radiotelevisione Italiana; e o documentário Testimonios de usuarios y familiares PEPSA (2014, 30'), com usuários do único centro de subministro terapêutico de heroína de Espanha. Também trabalhou em cooperação internacional pela ONG Vides Internazionale, residindo num bairro de terras ocupadas da área da grande Buenos Aires (2006-2007). Atualmente está a trabalhar no desenho de um projeto de investigação-ação participativa sobre práticas performativas ativistas na União Europeia pós-crise económica, e faz parte da equipa do projeto internacional Emergent Processes and Agencies of the Commons: Collaborative Social Research Praxis and New Forms of Political Subjectivation, dirigido pela profesora Aurora Álvarez Veinguer (U. de Granada). A maioria das suas publicações está disponível em https://aveiro.academia.edu/DarioRanocchiari
 
 
 
Projeto de Pós-Doutoramento
 
Título
“Ginger / Europa é um arquipélago”. Etnografia participativa das práticas performativas "artivistas" na União Europeia em tempos de crise
 
Rachochiari PD
 
Orientação
 
Referência Bolsa
BPD/UI72/7120/2015
 
Resumo
Este projecto pretende abordar o surgimento de novas modalidades de ações activistas durante e após as manifestações de 2011 contra as medidas de austeridade na União Europeia. Tem como objectivo estudar as práticas performativas “Artivist” (artística + ativista), que abordam a ideia de “União Europeia no momento da crise”, envolvendo elementos musicais, coreográficos e teatrais. Ao mesmo tempo, focando os movimentos sociais, nos quais participam os “artivistas” individuais e colectivos, este projecto pretende levar a cabo uma praxis de estudo etnográfico inovadora centrada na participação simétrica e em sinergias intensas entre a pesquisa academia e não académica e na prática artística. Apresenta uma abordagem altamente transdisciplinar, ultrapassando os limites convencionais que distinguem as ciências sociais, humanidades e artísticas e práticas activistas. O enquadramento metodológico deste projecto envolve novos conceitos e dimensões (por exemplo, “transmodalidade”), não deixando no entanto de ser solidamente ancorado na literatura existente sobre investigação-acção participativa e etnografia. As técnicas de pesquisa no âmbito dos novos media e do áudio-visual desempenham um papel fulcral nesta metodologia,  e os principais resultados finais (um arquivo público de áudio-visual, um documentário online não-linear  e uma série de textos analíticos em open source) serão caracterizados por uma tensão construtiva entre os especialistas e os possuem conhecimentos de base. Envolvendo indivíduos de pelo menos sete estados-membros europeus, este projecto tem como objectivo melhorar as redes transnacionais entre os “Artivistas” e a cidadania europeia em geral, envolvendo-os num amplo “debate performativo” centrado na ideia de União Europeia em tempos de crise. Ao contrário das recentes tendências sociais anti-europeias –  generalizadamente disseminadas pelos países europeus em tempos de crise – este projecto pretende constituir um importante espaço para uma discussão trans-europeia construtiva acerca das consequências da crise económica no conceito de Europa enquanto união.