• Palco
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Doutorando
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas | Universidade Nova de Lisboa
Av. de Berna, n.º 26 C
1069-061 Lisboa
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 21 790 83 00 (ext. 1583)

Nota Biográfica

Maria Helena Milheiro nasceu em Coimbra, Portugal, em 1985 e iniciou a sua formação musical em 1995 no Conservatório de Música de Coimbra, em violino. Terminou duas Licenciaturas em Professores de Educação Musical do Ensino Básico, na Escola Superior de Educação de Coimbra, em 20076 e em Ciências Musicais na Universidade do Minho, em 2011 e o Mestrado em Etnomusicologia na Universidade de Aveiro em 2013. Desde Setembro de 2014 é doutoranda em Etnomusicologia na Universidade Nova de Lisboa e bolseira do programa doutoral “Música como Cultura e Cognição”, FCT – FCSH/UNL. Entre Setembro 2007 e Abril 2015, exerceu funções de professora de educação musical em escolas do ensino básico (1º-9º anos de escolaridade). De Janeiro 2012 a Dezembro 2013 participou no projeto “MIMAR – Memórias e Imagens do Mar”, coordenado por Susana Sardo, numa colaboração entre o Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos de Música e Dança e a Câmara Municipal de Ílhavo e entre Setembro 2012 e Agosto 2013 participou, como bolseira de investigação da Fundação para a Ciência e Tecnologia, no projeto “A Música no Meio: a Performance Coral no Contexto do Orfeonismo (1880-2013)”, coordenado por Maria do Rosário Pestana, ambos integrados no Instituto de Etnomusicologia – Centro de Estudos de Música e Dança. Tem artigos publicados em congressos científicos.
 
 
 
Projeto de Doutoramento
 
Título

Música e Representações Identitárias de Migrantes Portugueses em Paris

 
HelenaMilheiroBarraDoutoramento.png
 
Orientação
 
Referência Bolsa
PD/BD/11458/2016
 
Resumo
O projeto Música e Representações Identitárias de Migrantes Portugueses testa interfaces culturais identitários em ambiente musical entre cidadãos migrantes portugueses e seus pares nos locais de acolhimento, junto de migrantes em França. Caracteriza eventos, situações, instituições, reportórios, indivíduos, agrupamentos, comportamentos e demais constituintes de momentos de interface cultural identitário na região de Paris. O objectivo é estudar representações identitárias, suas motivações e resultados, para contribuir para os estudos de mobilidade humana, numa era em que os processos migratórios emergem já não mais como necessidade pontual laboral, mas como flagelo social humanitário. De que forma os que partem mantêm e preservam hábitos musicais assimilados? Como influenciam culturalmente as sociedades de acolhimento? De que maneira são influenciados pelas representações culturais dos países de chegada? Que associações culturais e agrupamentos integram? Em que eventos festivos ou outros participam os indivíduos migrantes, e como neles se verifica, ou não, a condição de pertença cultural? Este estudo contempla trabalho de campo etnomusicológico junto de migrantes portugueses em França.