• Caretos
Menu
Escolher um contacto:
Imagem do contacto
Doutorando
Faculdade de Ciências Sociais e Humanas | Universidade Nova de Lisboa
Av. de Berna, n.º 26 C
1069-061 Lisboa
Portugal
Email: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.
Tel: (+351) 21 790 83 00 (ext. 1583)
CV:

Nota Biográfica

Doutorando em Ciências Musicais, variante de Etnomusicologiana Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. Bolseiro no Instituto de Etnomusicologia – Música e Dança, no âmbito do Projeto Estratégico 2014. Entre 2010-2013 foi docente nas disciplinas “Etnomusicologia: Introdução” e “Etnomusicologia: Culturas Musicais do Mundo” nos cargos de monitor e assistente convidado, sob a supervisão do Professor Doutor João Soeiro de Carvalho. Os seus interesses teóricos centram-se na história da Etnomusicologia e no papel do comportamento expressivo para a construção de identidades de género e sexualidade, temática sob o qual incide a sua tese de mestrado; e nacionalismo na África subsaariana, temática sobre o qual desenvolve atualmente estudos doutorais na FCSH. 
 
 
 
Projeto de Doutoramento
 
Título
Rádio Moçambique: comportamento expressivo e política cultural no processo de construção da nação (1975-1992)
 
MarcoFreitasDoutoramento
 
Orientação
 
Referência Bolsa
SFRH/BD/101225/2014
 
Resumo
Este projeto pretende explorar o papel da música na radiodifusão, no processo de construção de uma nação africana no contexto pós-colonial. Para o efeito, terei como objecto de estudo a Rádio Moçambique, a rádio oficial da FRELIMO, partido único neste país. Pretendo identificar as práticas expressivas promovidas por esta instituição e analisar, em particular, o papel do comportamento expressivo e da política cultural para a construção sonora de uma nação, a República de Moçambique, durante o período que se inicia após a independência em 1975, até o final da "guerra civil" em 1992. Esta instituição parece ter tido um papel determinante na cultura musical do país, inclusivamente na criação de agrupamentos musicais, de géneros e repertórios e no incremento da produção fonográfica.
 
 
 
 
Linha Temática: Música e Media